No dia mundial da arte o Grupo Orpea recorda os benefícios da terapia artística para séniores

O Dia Mundial das Artes celebra-se a 15 de abril em todo o mundo, o dia foi escolhido por ser a data de nascimento de Leonardo da Vinci, um dos maiores génios artísticos de todos os tempos. É um dia dedicado à criatividade, em que o Grupo ORPEA recorda os benefícios da terapia artística nos seniores, promovendo a consciência desta atividade.

À medida que as pessoas atingem uma idade avançada, perdem alguma destreza motora e certas habilidades são reduzidas. Para evitar ou retardar essa deterioração, podem ser realizadas atividades dentro da arte-terapia, que funcionam não apenas como momentos de lazer, mas também para manter as habilidades psicomotoras, aumentar a atenção e aprimorar as habilidades técnicas.

Através de produções artísticas (pinturas, peças…) é permitido aos seniores recriarem-se, e permitirem que as emoções e sensações que surgem durante a realização dessas atividades sejam traduzidas em cores, formas, linhas ou movimentos.

 Com a arte-terapia, tenta-se acima de tudo que certos sentidos como o olfato, a audição, o paladar e o tato sejam estimulados.

QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS DA ARTE-TERAPIA?

– Nas pessoas que têm dificuldades de expressão verbal, facilita a comunicação e as habilidades de linguagem;

– A autoestima aumenta, os seniores ficam motivados e participam ativamente na expressão dos seus sentimentos. Um sentimento não pode ser expresso apenas verbalmente, mas também, por exemplo, através da pintura;

 – As expressões criativas e artísticas são autênticas, refletem os sentimentos do mundo interior da pessoa da forma mais original e transparente;

 – Facilita a interação social;

 – Incentiva a estimulação de áreas cognitivas como a memória, a criatividade e a imaginação;

– Diminui o stress e a ansiedade. Facilita o pensamento sobre o aqui e agora;

 – Oferece segurança e reduz a dependência;

– Promove a concentração a autoestima e a autonomia.

FASES DE UM WORKSHOP DE ARTE-TERAPIA:

 Num atelier de arte-terapia, pode haver várias fases, em que cada uma tem um objetivo terapêutico diferente:

 – Em primeiro lugar, a atividade é explicada. São criados laços e isso encoraja a pessoa a mostrar interesse no que está prestes a fazer. Uma atmosfera de confiança e serenidade é criada e a curiosidade despertada;

– Em seguida, o sénior entra em contato com os materiais que irá utilizar. Nesta fase, o lado criativo e a imaginação são desenvolvidos. Eles podem experimentar, saber que ainda há muito a aprender e a descobrir; 

– Por fim, a partilha do trabalho realizado permite-lhe expressar as suas emoções e mostrar o que sentiu durante a terapia. A pessoa sabe que é ouvida e respeitada e que tem um espaço de desenvolvimento pessoal;

Na maioria dos casos, é preferível que as atividades sejam realizadas em grupo, pois o isolamento produz desanimo e o processo de envelhecimento é assim compartilhado. Um grupo dá a sensação de continuidade e um sentido de comunidade.

 As atividades artísticas fazem parte do conhecimento inato das pessoas em maior ou menor grau. Despertar essa parte do conhecimento é muito vantajoso, pois não tem limites.