Residência ORPEA Flavicórdia na final do V torneio de cozinha ORPEA

  • Residência de Chaves é uma das finalistas da competição que este ano se realiza no Parador de Alcalá de Henares, em Madrid; 
  • Diego Guerrero, Chef com 2 estrelas Michelin e conselheiro gastronómico do Grupo ORPEA, faz parte do júri da competição;
  • O atum Bonito do Norte é o produto estrela de uma edição que aposta na gastronomia sustentável;

Já começou a V edição do Torneio de Cozinha ORPEA. As aptidões culinárias e os conhecimentos gastronómicos dos Chefs de mais de 60 Residências ORPEA em Espanha e Portugal foram avaliados nesta competição. A Residência Flavicórdia, em Chaves, está na final, que acontece no dia 23 de setembro, no claustro principal do Hotel Parador de Alcalá de Henares, que representa a restauração da mais alta qualidade espanhola. Diego Guerrero, Chef com 2 estrelas Michelin e consultor gastronómico da ORPEA, faz parte do júri do concurso.

Na final da competição vão participar os seis Chefs das Residências finalistas: Córdoba Sierra, Residência Meco (Madrid), Residência El Campello (Alicante), Logroño e Torrelodones de Espanha e a portuguesa Flavicórdia, em Chaves, que também estarão acompanhados por uns críticos excecionais: os diretores técnicos dos seus próprios centros. O Torneio de Cozinha ORPEA, pioneiro no sector da assistência residencial, pretende reforçar a importância de uma cozinha de excelência nos centros seniores. Para isso, todos os cozinheiros das residências ORPEA participam num concurso em que é premiado o melhor prato, feito com os produtos sazonais que costumam utilizar nas suas cozinhas.

A finalista Flavicórdia, em Chaves, chega à final com o prato de atum teriyaki com nabo, figo e tártaro de dióspiro e abacate, mas para a seleção dos finalistas, diversos aspetos foram tidos em consideração. Um deles foram as notas que cada residência recebeu, por um lado, nos inquéritos de satisfação sobre a alimentação em 2020 e, por outro lado, na auditoria externa realizada em 2021 sobre higiene. Outro especto valorizado foi a iniciativa realizada no passado mês de março: “o lanche caseiro no teu centro”, que teve em consideração a originalidade da sugestão, as características nutricionais, o envolvimento das equipas participantes e, sobretudo, a avaliação dos residentes que a provaram.

O atum branco, o ingrediente principal
O Torneio de Cozinha ORPEA premeia a melhor preparação e apresentação, assim como originalidade, sabor e requinte. O Chef Diego Guerrero ficou responsável por decidir qual seria o ingrediente principal com que as seis equipas teriam que trabalhar na final: o atum branco bonito do Norte.

Falamos de um peixe azul muito consumido no nosso país. É rico em ácidos gordos e ómega-3, o que o torna num aliado no combate às doenças cardiovasculares e ajuda também a reduzir os níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue. O bonito do norte também contém vitaminas e minerais, além de proteínas de alto valor biológico. Por tudo isto, é um alimento altamente recomendado para manter uma alimentação saudável e equilibrada e para além disso, é um peixe muito versátil que pode ser grelhado, guisado, consumido em conserva e acompanhado por verduras ou legumes.

Os seniores devem ter uma dieta adequada que também satisfaça as suas necessidades nutricionais por isso, todos os centros ORPEA possuem cozinha própria, onde são preparados menus adaptados às necessidades dos residentes, elaborados por um nutricionista e revistos ​​pela equipa médica.

Gastronomia sustentável
Nesta edição, Diego Guerrero partilha o seu compromisso com a gastronomia sustentável e contra o desperdício de alimentos. A sua culinária tem em consideração a origem dos ingredientes, a forma como são cultivados, como chegam aos mercados e, por fim, aos pratos. Tudo isto, apostando na cultura gastronómica das diferentes comunidades autónomas e sem desperdiçar recursos naturais. Valores que a ORPEA partilha e, portanto, o júri premiará também o aproveitamento máximo dos alimentos e o mínimo de desperdício para contribuir para uma gastronomia sustentável.

Edição anterior
O IV Torneio de Cozinha ORPEA decorreu estádio Wanda Metropolitano em outubro de 2019. A residência Córdoba Sierra venceu o concurso com o prato “Presa al aroma de otoño”, lombo de porco ibérico em tataki com castanhas crocantes, acompanhadas de cogumelos e creme de abóbora. Nesta edição, o Chef com cinco estrelas Michelin Eneko Atxa fez parte do júri e, além disso, deu destaque à cozinha das residências seniores.